sexta-feira, 6 de outubro de 2017

ADEUS MESTRE: VIOLÊNCIA SEM CONTROLE NO BAIXO TOCANTINS



Mais um dia de terror no baixo Tocantins, depois do pânico ocorrido ontem (05) no Polo Universitário em Igarapé-Miri, onde assaltantes trocaram tiro com a Policia Militar em uma formatura de graduação.

Hoje mais uma tentativa de assalto na região, se divulgou que duas mortes num sítio próximo a Igarapé-Miri. Informações preliminares indicam que estaria sendo armada uma embosca para o Ruzol, dono do sítio que fica no Canal.

Mas infelizmente o professor Renato Silva Neto foi quem passou pelo local, acompanhado de outra pessoa que iria fazer um trabalho no sítio. Segundo fontes da Gazeta Miriense.

A vida do professor Renato Silva foi ceifada pela violência e pela incompetência do atual governador Simão Jatene, o professor era docente de educação física, sendo muito querido na comunidade acadêmica de Igarapé Miri e Cametá, a notícia de seu falecimento de modo trágico comoveu amigos de Cametá e de Igarapé-Miri.

A violência ceifou a vida do Professor Renato e quantos mais precisam morrer governador? O crime se alastra sem precedente na região do baixo Tocantins, sem investimento de segurança publica na região pelo Estado, falta de politicas publicas e escolas sucateadas fazem com que o índice de violência dispare na região. A PA 151 precisa urgente de uma unidade da policia rodoviária Estadual, criminosos andam livremente na estrada, efetuando assaltos na rodovia diariamente, como também nas vilas de Santa Maria de Icatú (Igarapé-Miri), Curuçambaba (Cametá), Vila do Carmo (Cametá), Porto Grande (Cametá) e aos arredores de Mocajuba.
O que parece é que o Atual governador só sabe fazer ponte e estradas. Já a educação, segurança publica e saúde é um das piores do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Miner

ASSOCIADA AO AÇAÍ, DOENÇAS DE CHAGAS AVANÇA NO BAIXO TOCANTINS

O Pará concentra metade dos registros de doença de chagas no Brasil; No Baixo Tocantins cidades como Limoeiro do Ajuru, Cametá e Oeira...