quinta-feira, 6 de abril de 2017

MISTÉRIO: JOVEM DESAPARECE E DEIXA 14 LIVROS CODIFICADOS E DESCONHECIDOS

Um jovem estudioso do Filosofo e Astrônomo Padre Giordano Bruno, está desaparecido e deixou um acervo de 14 livros  criptografados, simetricamente perfeitos. 



Bruno foi visto pela última vez no dia 27 de março, quando o pai se deu conta de que o filho não estava em casa. O pai decidiu entrar em seu quarto, e descobriu um impressionante cenário construído pelo filho. Os livros foram escritos a mão e devidamente criptografados em um código secreto, com trechos perfeitamente copiados cobrindo todas as paredes, além de ilustrações e pinturas também nas paredes e no chão do quarto.

O rapaz afirma que sua obra transformará a humanidade para sempre. O conteúdo dos livros ainda está sob investigação. Bruno era admirador do filosofo Giordano Bruno, de 700 d.c, e partilhava sua visão sobre Deus e o universo. O Jovem cientista afirma em manuscritos que estamos longe da verdade, e que a nossa ciência é muito arcaica, "Somos manipulado pelo poder e interesses".

Um livro já teve seu titulo decifrado, "“A teoria da absorção de conhecimento”, há um complexo recheado de geometria espacial.

O jovem misterioso era admirador de Giordano Bruno, leitor da bíblia e de Shakespeare, o jovem acreditava que a biblia estava codificada matematicamente e rabiscava e pesquisava estava estudando a Teoria da Relatividade de Einstein , segundo a família, era um estudante voraz, com alta capacidade intelectual e sem problemas psicológicos. A mãe afirma que o estudante deve ter feito sua “instalação” de tal forma, pois sabia que a família reagiria com medidas drásticas, como internação, se visse antes seu trabalho. Agora, além das buscas, a família procura um especialista que possa decifrar os escritos. 


UMA PÁGINA FOI DESCRIPTOGRAFADA


Uma página dos 14 livros criptografados foi fotografada e postada na internet. Com a ajuda de especialistas, ela foi descriptografada e o conteúdo do texto revela algumas ideias escritas por Bruno antes de seu desaparecimento. Confira a íntegra:

"Caminho difícil

Por milhares de anos o ser humano vem tentando encontrar respostas para perguntas como 'qual o sentido da vida'? A filosofia que, ao que tudo indica, parece ter se iniciado com Tales de Mileto em meados de 700 a.C. visa encontrar vestígios de perguntas sem respostas. A pesquisa profunda pela verdade absoluta advém da filosofia, e quando falamos a respeito de caminhos fáceis ou difíceis estamos nos referindo a esse tipo de teorema e enigma.

É fácil aceitar o que desde criança te ensinaram que é errado. Difícil é, quando adulto, entender que te ensinaram errado o que desde criança você suspeitou que fosse correto. Em outras palavras, se você se enquadra em algum cujos estímulos do meio lhe determinaram certo comportamento, fazendo com que estivesse à mercê de crenças já providas e bem estabelecidas em dogmas e rituais, com uma massa concentrada de pessoas nela; ou permitindo-o ficar no conformismo, aceitando o conceito de felicidade e de sentido da vida embutido pela mídia e pela sociedade, então claramente você faz parte do caminho fácil para a busca da verdade absoluta.

Acaso se enquadre na segunda opção, ou seja, aquele que suspeitava de todo conjunto de crenças que lhe foi enraizado, então este tem tudo para ser um investigador da veracidade nas coisas ao seu redor, entrando em um caminho mais complicado, no qual uma minoria se arrisca ou enfrenta com bravura."


(Com informações de Folha do Acre) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Miner

ASSOCIADA AO AÇAÍ, DOENÇAS DE CHAGAS AVANÇA NO BAIXO TOCANTINS

O Pará concentra metade dos registros de doença de chagas no Brasil; No Baixo Tocantins cidades como Limoeiro do Ajuru, Cametá e Oeira...