segunda-feira, 6 de março de 2017

Estudante de Cametá ganha prêmio de redação



A estudante Héviny Cristina Caldas, 16 anos, da Escola Estadual Abrão Simão Jatene, localizada no município de Cametá, a 650 km de Belém, foi a grande vencedora no estado do Pará do Concurso de Redação da Defensoria Pública da União (DPU) destinado a estudantes de escolas púbicas. A estudante ficou em primeiro lugar no estado e em 10º na classificação nacional.

O concurso teve como tema “Tráfico de Pessoas: Diga Não” e tanto Héviny quanto a sua professora de Língua Portuguesa Inêz Costa dos Prazeres foram premiadas pela DPU na unidade Belém, nesta segunda-feira,20. Ambas receberam certificados e um tablet, já a escola ganhou uma placa de reconhecimento participação no concurso.

A estudante cursa o 3º ano do Ensino Médio e já participou de outros concursos de redação e disse que gosta muito de ler e escrever, sendo esse um importante diferencial. “Foi muito gratificante conquistar o primeiro lugar aqui no Pará, gosto muito de pesquisar ler, escrever e acabo passando a maior parte do tempo nas bibliotecas. Sempre recebi muito apoio da minha professora para participar desses concursos, assim como da escoa também”, enfatizou Héviny.

Fonte: Portal Seduc/Pará

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Miner

ASSOCIADA AO AÇAÍ, DOENÇAS DE CHAGAS AVANÇA NO BAIXO TOCANTINS

O Pará concentra metade dos registros de doença de chagas no Brasil; No Baixo Tocantins cidades como Limoeiro do Ajuru, Cametá e Oeira...