Pular para o conteúdo principal

O maniqueísmo é uma foice bi articulada.


O maniqueísmo é uma foice bi articulada, sua evocação serve de álibi para acusação e defesa.
Ao mesmo tempo, um neutralismo relativista assume uma outra versão dos fatos. E, do lado purista, a tendência é preservar o manipulador, dando-lhe o titulo da dúvida ou de herói honorário. Demolir o ditador cubano pode não ser a melhor resposta, mas todo adulto com a capacidade cognitiva razoavelmente preservada deve poder compreender o que significa controlar o poder ininterruptamente por tanto tempo.
Uma saga nepótica de mais de 60 anos. Todo acobertamento do preço a se pagar é fruto dessa ingenuidade programática, a omissão calculada, o viés disfarçado de causa justa, ou a simples pitada de falta de escrúpulo intelectual. A essência desse marketing é o culto à personalidade que apresenta tiranos como libertadores.
À versão de que o ditador proveu seus discípulos com educação saúde e cultura — se verossímil decerto muito aquém da propaganda enganosa — serve como escusa universal para um regime que funciona na base do slogan: “Oprime, mas faz”. E quem haveria de se importar se ele é tirânico? É uma espécie de autocracia baseada em evidências. Falsas. Isso significa que o método não importa, o resultado, muito bem controlado, é o que vale.
O detalhe incomodo é que um Estado todo provedor e seus apoiadores não se importam muito com os efeitos colaterais de sangue, privação de liberdade e violência institucionalizada contra os inimigos políticos. Também não é grande coisa que, para alcançar a igualdade, um considerável escape se propague e que a elite governante obtenha a justa regalia.
Mas o que mais surpreende nas lágrimas derramadas pelo ditador é sua trajetória seletiva. Ela vai dos olhos secos, às fendas imaginarias que se cegam à prisão dos dissonantes, deportação de dissidentes (alguém se lembra dos pugilistas cubanos devolvidos?) , dos séquitos prontos para agir como informantes. A lágrima também revela as cristalizações dogmáticas que reduzem argumentos às convicções preexistentes.
Todas as lágrimas contem mais ou menos o mesmo teor. Suponha que as suas lágrimas apareceram pelo ditador morto enquanto as minhas saíram para suas vítimas. Lágrimas compartilham da mesma composição, percorrem as mesmas trajetórias, idênticas pois. Talvez nossas plataformas afetivas sejam outras, ou nossas lentes de mundo tenham sofrido polimentos assimétricos. Só posso dizer que, em comum, temos que sofremos ao mesmo tempo, mas nunca estivemos juntos.
O que nos reparte não são mais nossos sentimentos, mas de onde emergem.
Por: PAULO ROSENBAUM é médico e escritor. Mestre e PhD em ciências, é pós-doutor em medicina preventiva (USP).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sem Merenda Escolar, aluno desmaia de fome a 5 km de casa em Cametá.

Cerca de 50 crianças percorrem o trajeto das colônias do distrito da Vila do Carmo, todo dia, até a escola de Ponta de Terra; muitos saem de casa às 6h para poderem chegar depois de 1h de caminhada a escola, devido à falta de transporte escolar na região. Pais de alunos dizem que não há merenda desde o Junho do ano de 2017, antes só se ofereciam biscoitos devido não haver cozinha na escola que é improvisada, as salas funcionam dentro das dependências da Igreja Assembleia de Deus, a comunidade reclama do abandono e diz que seus filhos entram 7:30h e saem 9h devido a falta de merenda escolar. “Já pediram para nós R$ 5 todo mês como se fosse uma mensalidade, e já até nos disseram que temos que ter responsabilidades de mandar nossos filhos com merenda pra escola, mas como posso mandar se não temos pra comer, na época da farinha, mando mingau de farinha para meus filhos, gostaria que o secretario de educação viesse ver nossa escola” diz uma mãe de uma aluna que não gostaria que seu nome não…

ADEUS MESTRE: VIOLÊNCIA SEM CONTROLE NO BAIXO TOCANTINS

Mais um dia de terror no baixo Tocantins, depois do pânico ocorrido ontem (05) no Polo Universitário em Igarapé-Miri, onde assaltantes trocaram tiro com a Policia Militar em uma formatura de graduação.
Hoje mais uma tentativa de assalto na região, se divulgou que duas mortes num sítio próximo a Igarapé-Miri. Informações preliminares indicam que estaria sendo armada uma embosca para o Ruzol, dono do sítio que fica no Canal.
Mas infelizmente o professor Renato Silva Neto foi quem passou pelo local, acompanhado de outra pessoa que iria fazer um trabalho no sítio. Segundo fontes da Gazeta Miriense.
A vida do professor Renato Silva foi ceifada pela violência e pela incompetência do atual governador Simão Jatene, o professor era docente de educação física, sendo muito querido na comunidade acadêmica de Igarapé Miri e Cametá, a notícia de seu falecimento de modo trágico comoveu amigos de Cametá e de Igarapé-Miri.
A violência ceifou a vida do Professor Renato e quantos mais precisam morrer govern…

CAMETÁ: PROFESSOR É ASSALTADO NA RODOVIA SEM LEI, PA151.

Mais dois assaltos hoje na PA 151, mais dois de centenas só esse ano, os dois assaltos na PA 151 ocorreram pela tarde, o primeiro ocorreu no trecho Santa Maria do Icatú/Meruú. Segundo informações, Marivaldo ao se deparar com obstáculos colocados na estrada, debreou o carro, onde ao reduzir a velocidade, dois homens armados apareceram do mato com arma de fogo aparentemente caseira abordaram os passageiros e anunciou o assalto, o segundo aconteceu no trecho Ponte Igarapé-Miri/ Meruú onde um professor do município de Mocajuba foi assaltado, o professor estava em viagem para a capital com sua família, os meliantes anunciaram o assalto e levaram os pertences dos viajantes. O FOLHA já fez dezenas de denuncias que chegam por mail e whatsapp, mas nada aparentemente é feito pela inteligência da Policia Militar.  A rodovia Estadual PA 151 esta virando a rodovia vermelha, pois sem policiamento fica fácil cometer esse tipo de crime, a estrada precisa imediatamente de um posto da Policia Militar R…